infeccao-urinaria

No período de altas temperaturas do verão a incidência das infecções no trato urinário aumentam, principalmente, por coincidir, na maioria das vezes com o período de férias, quando a rotina muda e alguns hábitos também, o que pode acabar por resultar na infecção urinária.

Infecção urinária é a presença anormal de microrganismos em alguma região do trato urinário. Algumas pessoas, especialmente mulheres, podem apresentar bactérias no trato urinário e não desenvolverem infecção urinária, chamadas de bacteriúria assintomática.

As principais causas são a relação sexual e a presença das bactérias do trato gastrointestinal que migram por via ascendente da região perineal até a bexiga. Raramente ocorre pela via hematogênica (circulação sanguínea).

Essa doença possui dois tipos: a cistite e a pielonefrite. A cistite é quando a infecção afeta a bexiga, enquanto a pielonefrite afeta o rim. Essa última possui sintomas mais severos.

A doença, que possui incidência de 80% a 90% em mulheres, é mais prevalente na idade reprodutiva e nas mulheres que estão na menopausa, devido à queda do estrogênio e de micro-organismos que protegem a região íntima.

 

Sintomas

Na infecção urinária, os principais sintomas na mulher são:

Disúria (ardor na uretra durante a micção);
Aumento da frequência urinária (mais de sete vezes por dia);
Noctúria (mais de uma micção noturna);
Sensação de esvaziamento incompleto da bexiga;
Dor suprapública;
Sangue na urina;
Alteração do aspecto físico da urina (coloração escura, aparência turva e odor forte).

Em alguns casos mais severos, a doença pode causar dor lombar, febre e/ou mal-estar.

 

Prevenção

Para prevenir a infecção urinária recomendam-se algumas medidas a serem realizadas no dia a dia. Confira abaixo:

Ingestão de líquidos em grande quantidade;
Não reter urina;
Corrigir alterações intestinais como diarreia ou obstipação;
Micção antes e após relação sexual;
Estrógeno para as mulheres na pós-menopausa sem contraindicação hormonal;
Evitar o uso do diafragma e espermicidas;
Tratamento adequado do diabetes mellitus.

 

Fonte: www.gineco.com.br
Write a comment:

*

Your email address will not be published.

2015 © Copyright - Dr. Francisco Gonzaga por Tribo Creative

Para Emergências Ligue: (19) 3542-2700